quarta-feira, 14 de outubro de 2009

DESABAFO




É madrugada, estou aqui, sentada no sofá da sala, muitas recordações vem à tona, a saudade é tão doída, as lágrimas não cessam, choro ofegante, soluços estancam a minha dor, lembranças que não se apagam, como dói amar, estou a me desmanchar em choro, desespero, soco a almofada, penso em como esquecer esse amor, não sei como, por mais desprezo, por mais falta de amizade, de cumplicidade, de doação..., vejo que não passei de uma marola em sua vida, não quero mais amar, não quero esse sofrer..., tenho nojo de mim, não sou mais eu....vegeto, tento esconder minha tristeza atrás de um sorriso amarelo, mas não consigo, quem realmente me conhece, sabe como sou, como estou.
Muitas vezes peço socorro, e o socorro não vem, finge não ouvir o meu chamado, cada qual, está á olhar para seu próprio umbigo, nessas horas vejo que não tenho amigos, não quero "amigos" da boca pra fora, na verdade é melhor não ter nada, pelo menos não terei com quem me decepcionar, aliás o que não é decepção hoje??? Minha pouca felicidade está em minha mãe e nos sorrisos das crianças, são sinceros e acolhedores, desses tenho certeza que não irei me decepcionar.
Quero viajar, sentir a brisa do mar, o cheiro da natureza, pisar na terra, sentir sua força, tomar banho de chuva, banho de mar e uma lavagem cerebral, quem sabe essa dor de amar me deixa ser feliz, nem que seja por algumas horas, por alguns minutos ou mesmo alguns segundos.
Quanto tempo mais meu Deus terei que aguentar tudo isso, cada lágrima que cai é um pedacinho de ti que se vai e uma parte de mim que se desfaz.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O LIVRO DA JÉSSICA BALBINO ESTÁ DISPONÍVEL PARA BAIXAR...


Para fazer o downlooad acesse o blog;
http://jessicabalbino.blogspot.com/
LEIA É DE GRAÇA, VOCÊ NÃO VAI SE ARREPENDER.

JÉSSICA BALBINO, UM OLHAR PERIFÉRICO


Uma pessoa que admiro muito, em pouco tempo que a conheci.
(não esqueci o seu presente)


ÀS MÁS LÍNGUAS


Pessoas frustradas e infelizes,
Gostam de inventar contos
Sobre a vida alheia...
Pessoas frustradas e infelizes,
Sentem prazer em aumentar um ponto
Só pra ver se o circo incendeia...
Pessoas frustradas e infelizes,
Usam a linguagem de um modo torto,
Jogando nos olhos da verdade, areia...
Pessoas frustradas e infelizes,
São incapazes de enxergar no sexo oposto,
Uma amizade verdadeira.
Poetisa Camila (Cooperifa)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Um AMOR Para RECORDAR


Um dia, uma pessoa que é MUITO ESPECIAL, deu-me este filme " Um amor para recordar", e hoje eu li a letra da música( trilha sonora) deste filme traduzida, a qual me trouxe belas e tristes recordações de momentos com essa pessoa. Fiquei mais triste ainda, quando fui pegar o filme para assistir novamente e percebi que haviam pegado e só deixaram a capa ( espero que quem o levou tenha feito bom proveito deste, pois este filme faz parte de lindo momento de amor em minha vida).

Em minha alma há uma bela canção
Que há tempos eu tento expressar
Com palavras também
E me vejo num frio sem fim
Mesmo assim posso ouvir
Sua voz entoando outra vez

Então vou me repousar
E ergo as mãos ao céu para orar
Pra que eu seja sempre seu
Pra que eu seja seu,
pois sei que o meu alento é você.

Quero ouvir as cantigas dos céus
Das galáxias dançando e sorrindo alegres também
Se os meus sonhos tão longe eu sentir
Cante ao menos canções dos seus planos para mim outra vez

Então vou me repousar
E ergo as mãos ao céu para orar
Pra que eu seja sempre seu
Pra que eu seja seu,
pois sei que o meu alento é você.

Eu dou meu destino a ti
E tudo que há em mim
Quero sua música
Cantada com todo o meu ser
Com meu fôlego sim
Devolvo tudo a ti