quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

ALGO ME SUFOCA


Hoje acordei triste,
Na verdade, nem sei se dormi.
Uma angústia me aperta o peito,
Sinto calafrios,
As mãos estão geladas,
O dia parece sombrio,
olhares desconfiados,
Esses olhares revelam mentiras,
Não consigo vivenciá-las,
Isso me sufoca,
Necessito de silêncio, paciência,
respeirar fundo,
pois o dia ainda não acabou.

HOJE TEM SARAU COOPERIFA



Bar do Zé Batidão
Endereço:
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 – Chácara Santana

OS BRASILEIROS MAIS INFLUENTES EM 2009



Sergio Vaz, eu já sabia!

LANÇAMENTO TRIPLO COM ALESSANDRO BUZO


Click na imagem para visualizar.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

LAÇAMENTO PELAS PERIFÉRIAS DO BRASIL III


Click na imagem para vizualizar.
Lançamento da Coletânea literária "Pelas Periferias do Brasil - VOL IIII (R$ 20,00)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

HOJE TEM SARAU COOPERIFA

l


VENHAM COMUNGAR A PALAVRA!

LANÇAMENTO DO LIVRO DE ÉRICA PEÇANHA

UM OLHAR FEMININO Á LITERATURA PERIFÉRICA

Dia: 05/11/2009.
Livro: R$25,00.
Horário: 19h30 às 22h.
Sede da ONG Ação Educativa.
Rua General Jardim, 660 - Vila Buarque
CEP: 01223-010 - São Paulo SP
Próximo as estações do metrô Santa Cecília e República.
Fone: (11) 3151- 2333

Parabéns Érica por mais esta conquista!
Vida longa ao seu trabalho!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

FLOR MURCHA

Publicar postagem
Nos caminhos da vida não sei mais o que sinto, é uma dor, uma mágoa, um ressentimento infinito, vivo à lutar comigo mesma, pois a cada dia parece que tenho que provar que sou de carne e osso, que tenho sentimentos, sejam eles corretos ou não, mas o que é correto hoje em dia? Já não sei, pois tenho que que matar um leão todos os dias dentro de mim, pra continuar na luta do dia-a-dia,
dos sentimentos, das mágoas, dos desafetos, das intrigas. Há momentos em que penso que não vou suportar, não vivo mais, apenas tento caminhar a catar os pedaços de mim que vão se desfazendo nesses trilhos da vida, a pior luta é essa, lutar contra si mesmo. Eu jamais iria desprezar as pessoas que amo, mas dói ouvir alguém lhe dizer "Não fui mais a tal lugar por sua culpa, pra ver se você me esquece", essas palavras zoam ao pé do meu ouvido todas as vezes que deito a cabeça no travesseiro, eu nunca queria ser um mal na vida de alguém, e pela primeira vez senti na pele que para alguém eu fui um espinho na roseira, onde um dia eu quis colher flores! Dói a alma, e tenho que aprender a viver com isso, se Deus olhar por mim, quem sabe um dia te esquecerei, mas siga em paz o seu caminho, pois foi este que escolheu, fui somente uma passagem, o que você não foi pra mim. Verbo AMAR, este eu conheço na carne viva e na vida espiritual, pois meu corpo é todo esse amor e não sei mais como lutar contra isso que é uma razão de estar viva. Amar só sentindo pra saber o que essa palavra significa. Você é, será e estará sempre aqui do lado esquerdo do meu peito, pois a cada intriga tenho certeza do meu meu sentimento, AMAR é pra quem sente e não pra quem quer e isso ninguém vai transformar em ódio. Sua amizade é muito importante pra mim.
( Um dia espero escrever um romance que não terá um final feliz)
Talvez estas linhas tenham um pouco de realidade

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

DESABAFO




É madrugada, estou aqui, sentada no sofá da sala, muitas recordações vem à tona, a saudade é tão doída, as lágrimas não cessam, choro ofegante, soluços estancam a minha dor, lembranças que não se apagam, como dói amar, estou a me desmanchar em choro, desespero, soco a almofada, penso em como esquecer esse amor, não sei como, por mais desprezo, por mais falta de amizade, de cumplicidade, de doação..., vejo que não passei de uma marola em sua vida, não quero mais amar, não quero esse sofrer..., tenho nojo de mim, não sou mais eu....vegeto, tento esconder minha tristeza atrás de um sorriso amarelo, mas não consigo, quem realmente me conhece, sabe como sou, como estou.
Muitas vezes peço socorro, e o socorro não vem, finge não ouvir o meu chamado, cada qual, está á olhar para seu próprio umbigo, nessas horas vejo que não tenho amigos, não quero "amigos" da boca pra fora, na verdade é melhor não ter nada, pelo menos não terei com quem me decepcionar, aliás o que não é decepção hoje??? Minha pouca felicidade está em minha mãe e nos sorrisos das crianças, são sinceros e acolhedores, desses tenho certeza que não irei me decepcionar.
Quero viajar, sentir a brisa do mar, o cheiro da natureza, pisar na terra, sentir sua força, tomar banho de chuva, banho de mar e uma lavagem cerebral, quem sabe essa dor de amar me deixa ser feliz, nem que seja por algumas horas, por alguns minutos ou mesmo alguns segundos.
Quanto tempo mais meu Deus terei que aguentar tudo isso, cada lágrima que cai é um pedacinho de ti que se vai e uma parte de mim que se desfaz.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O LIVRO DA JÉSSICA BALBINO ESTÁ DISPONÍVEL PARA BAIXAR...


Para fazer o downlooad acesse o blog;
http://jessicabalbino.blogspot.com/
LEIA É DE GRAÇA, VOCÊ NÃO VAI SE ARREPENDER.

JÉSSICA BALBINO, UM OLHAR PERIFÉRICO


Uma pessoa que admiro muito, em pouco tempo que a conheci.
(não esqueci o seu presente)


ÀS MÁS LÍNGUAS


Pessoas frustradas e infelizes,
Gostam de inventar contos
Sobre a vida alheia...
Pessoas frustradas e infelizes,
Sentem prazer em aumentar um ponto
Só pra ver se o circo incendeia...
Pessoas frustradas e infelizes,
Usam a linguagem de um modo torto,
Jogando nos olhos da verdade, areia...
Pessoas frustradas e infelizes,
São incapazes de enxergar no sexo oposto,
Uma amizade verdadeira.
Poetisa Camila (Cooperifa)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Um AMOR Para RECORDAR


Um dia, uma pessoa que é MUITO ESPECIAL, deu-me este filme " Um amor para recordar", e hoje eu li a letra da música( trilha sonora) deste filme traduzida, a qual me trouxe belas e tristes recordações de momentos com essa pessoa. Fiquei mais triste ainda, quando fui pegar o filme para assistir novamente e percebi que haviam pegado e só deixaram a capa ( espero que quem o levou tenha feito bom proveito deste, pois este filme faz parte de lindo momento de amor em minha vida).

Em minha alma há uma bela canção
Que há tempos eu tento expressar
Com palavras também
E me vejo num frio sem fim
Mesmo assim posso ouvir
Sua voz entoando outra vez

Então vou me repousar
E ergo as mãos ao céu para orar
Pra que eu seja sempre seu
Pra que eu seja seu,
pois sei que o meu alento é você.

Quero ouvir as cantigas dos céus
Das galáxias dançando e sorrindo alegres também
Se os meus sonhos tão longe eu sentir
Cante ao menos canções dos seus planos para mim outra vez

Então vou me repousar
E ergo as mãos ao céu para orar
Pra que eu seja sempre seu
Pra que eu seja seu,
pois sei que o meu alento é você.

Eu dou meu destino a ti
E tudo que há em mim
Quero sua música
Cantada com todo o meu ser
Com meu fôlego sim
Devolvo tudo a ti

sábado, 26 de setembro de 2009

HOJE PARA ALGUÉM MUITO ESPECIAL ( EnCANTO)

OS LIVROS É SUA MAIOR PAIXÃO
Para você um pouco do meu carinho e amor

Como é Grande o Meu Amor Por Você

Roberto Carlos

Composição: Erasmo Carlos / Roberto Carlos

Eu tenho tanto
Prá lhe falar
Mas com palavras
Não sei dizer
Como é grande
O meu amor
Por você...

E não há nada
Prá comparar
Para poder
Lhe explicar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nem mesmo o céu
Nem as estrelas
Nem mesmo o mar
E o infinito
Não é maior
Que o meu amor
Nem mais bonito...

Me desespero
A procurar
Alguma forma
De lhe falar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nunca se esqueça
Nem um segundo
Que eu tenho o amor
Maior do mundo
Como é grande
O meu amor
Por você...(2x)

Mas como é grande
O meu amor
Por você!...


quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Cooperifa mais uma noite mágica.



Ontem aconteceu mais uma vez um dos melhores sarais já feitos pela Cooperifa, inconscientemente, o humor era o estilo mais presente nas recitações, podia-se ouvir de longe as gargalhadas do povo, alguns chegaram a chorar de rir, assim como eu, se alguém estava triste naquele lugar......ô lugar, a tristeza foi-se embora naquele momento, com tanta alegria e energia positiva. Tivemos a presença da professora de uma Universidade em Londres, que veio conhecer o que acontece de melhor da ponte pra cá, quanta honra pra nós Cooperiféricos. Tivemos também uma declara ção de amor e adivinhem de quem.....do mestre Sérgio Vaz à esposa Sônia, não é lindo!!!!!

JAMES BANTHO na Cooperifa


JAMES BANTHO
Quero destacar a apresentação de James Bantho ontem no Sarau da Cooperifa, ele recitou o poema Língua de Caetano Veloso, de uma forma fascinante, no seu estilo hip-hop de ser, de cantar, de recitar, ou seja, é único!O que fez todos os presentes irem a loucura, tenho certeza que se Caetano Veloso assistisse, ficaria deslumbrado com tamanha performance do James Bantho.
A seguir pra vocês a letra da música.

Língua
Caetano Veloso

Gosta de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões
Gosto de ser e de estar
E quero me dedicar a criar confusões de prosódia
E uma profusão de paródias
Que encurtem dores
E furtem cores como camaleões
Gosto do Pessoa na pessoa
Da rosa no Rosa
E sei que a poesia está para a prosa
Assim como o amor está para a amizade
E quem há de negar que esta lhe é superior?
E deixe os Portugais morrerem à míngua
“Minha pátria é minha língua”
Fala Mangueira! Fala!

Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó
O que quer
O que pode esta língua?

Vamos atentar para a sintaxe dos paulistas
E o falso inglês relax dos surfistas
Sejamos imperialistas! Cadê? Sejamos imperialistas!
Vamos na velô da dicção choo-choo de Carmem Miranda
E que o Chico Buarque de Holanda nos resgate
E – xeque-mate – explique-nos Luanda
Ouçamos com atenção os deles e os delas da TV Globo
Sejamos o lobo do lobo do homem
Lobo do lobo do lobo do homem
Adoro nomes
Nomes em ã
De coisas como rã e ímã
Ímã ímã ímã ímã ímã ímã ímã ímã
Nomes de nomes
Como Scarlet Moon de Chevalier, Glauco Mattoso e Arrigo Barnabé
e Maria da Fé

Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó
O que quer
O que pode esta língua?

Se você tem uma idéia incrível é melhor fazer uma canção
Está provado que só é possível filosofar em alemão
Blitz quer dizer corisco
Hollywood quer dizer Azevedo
E o Recôncavo, e o Recôncavo, e o Recôncavo meu medo
A língua é minha pátria
E eu não tenho pátria, tenho mátria
E quero frátria
Poesia concreta, prosa caótica
Ótica futura
Samba-rap, chic-left com banana
(– Será que ele está no Pão de Açúcar?
– Tá craude brô
– Você e tu
– Lhe amo
– Qué queu te faço, nego?
– Bote ligeiro!
– Ma’de brinquinho, Ricardo!? Teu tio vai ficar desesperado!
– Ó Tavinho, põe camisola pra dentro, assim mais pareces um espantalho!
– I like to spend some time in Mozambique
– Arigatô, arigatô!)
Nós canto-falamos como quem inveja negros
Que sofrem horrores no Gueto do Harlem
Livros, discos, vídeos à mancheia
E deixa que digam, que pensem, que falem

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

UMA NOITE MÁGICA




COOPERIFA, ONDE A MAGIA ACONTECE.

Ontem fui ao Sarau da Cooperifa, há algum tempo venho faltando, mas ontem disse que iria nem se chovesse canivete, então fui..... estava triste, olhar cabisbaixo, assim que cheguei recebi abraços amigos das amigas Camila e Lid`s, o Gog me viu lá do fundo, pensei: depois vou cumprimentá-lo, tão foi minha surpresa que ele veio até mim, e deu um abraço, o qual pude sentir o prazer dele em me ver, a recíproca era a mesma. A noite só estava começando, a Profª Lú, Rose Dorea, Cocão e o Márcio comandavam o Sarau como sempre, com muita energia e dignidade, o Mestre Sérgio Vaz não compareceu, por motivos muito pessoais,( estamos com você, poeta) mas sua presença estava nos corações contagiados por tamanha energia positiva que se passa naquele lugar...ô lugar....., o amigo Fuzzil sentou-se à mesa comigo, de repente, me deu a louca e comecei a escrever, foi muito estranho, escrevi duas poesias ali mesmo. Haviam também um pessoal da Noruega, da França, até recitaram.... vejam só a interação de culturas, isto é Cooperifa. A noite ainda nos reservava muitas alegrias. O escritor Sacolinha estava presente com a família- esposa Landy , a linda filha Alanda e a cunhada, trouxe de presente para todos no Sarau o livro Amor Lúbrico - textos para serem lidos na cama, todos que estavam presentes ganharam e ainda puderam levar mais de um para os amigos, ( valeu Sacolinha) conversamos um pouco, o pouco que valeu muito pra mim, ( palavras de experiência de vida, sempre valem apena ouvir) obrigada amigo, esta presente também Tubarão e esposa diretamente de Santos. No final do Sarau foi uma festa só, muito emocionante, apresentaram-se juntos, presta atenção no time: Gog, Fernando do Teatro Mágico, Gaspar do Z`Africa Brasil, Crônica, Weslley Noog, Brown Mendonça, Lobão, Kênia, Akins......(se esqueci algum nome, peço desculpas), Amo este lugar, uma energia boa que só neste Templo consigo sentir. Te amo COOPERIFA!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009



Ao amanhecer, procuro renovar-me com o brilho do sol.
Tento encontrar-me neste mundo obscuro, em que me encontro.
Já não sei quem sou, para onde vou, apenas vegeto.
Sinto-me incapaz de ver o lado bom da vida.
Hoje queria apenas trilhar a minha ida...
Não vejo a luz do dia, mesmo que ele brilhe.
Não vejo a escuridão da noite,
pois me escondo num mundo desconhecido até pra mim.
Minha respiração ofegante,
desespero por não encontrar uma saída,
pra minha inesgotável necessidade de viver.
Quero sentir a beleza da vida,
a qual foi-se embora, com o meu amor.
Se vivo, é porque vives.
Mas sinto que uma parte de mim,
não quer mais este mundo,
o qual perdeu o sentido, sem tê-lo perto,
mesmo à estar distante de mim e dos meus olhos,

Mas vive e intensamente presente em minh`alma e em meu coração...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

O PERDÃO

Só perdoa quem é capaz, se é verdadeiro o perdão, será visível aos olhos do outro!
Só os fracos de espírito, não entenderá!
O Amor e A Amizade quando verdadeiros, jamais deixarão dúvidas!
E o bem maior de tudo isso é sentir o outro bem! Se não, assim está, estarei triste também!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

NOVO BLOG SERGIO VAZ


Blog: www.colecionadordepedras1.blogspot.com

BOLETIM KAOS Nº 06

LANÇAMENTO NO SARAU COOPERIFA
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 - Chácara Santana
Zona Sul - SP
Informações: 5891-7403

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Carta ao Meu PAI



São Paulo, Agosto de 2009.

Pai, fazem três anos que o Senhor partiu..., três anos que parecem três dias, a dor ainda se faz presente em mim, minha vida não é a mesma desde que se foi, sinto a falta do teu olhar, a guiar meus caminhos, à frear meus passos mal dados, sinto-me sem alicerce, sem chão. não vejo o horizonte.
Pai, o Senhor deixou-me incumbências que estão sendo difíceis de executá-las. Uma semana antes de falecer, chamou a mim e minha irmã para uma conversa séria, deixando os outros oito irmãos de fora, parecia prever o que estava por vir, pediu à nós que cuidássemos da casa e da mãe, , pois confiava muito em nós para delegar tais tarefas.
Pai, quando entro em casa e passo pela sala, olho para o canto, onde o Senhor ficava sempre ali sentado no sofá, era seu cantinho predileto da casa, dá um aperto no coração, as vezes passo por ali e peço a sua bênção, pois sei que de onde estás , estará me abençoando. Lembro-me Pai, de quando o Senhor comprava vinho e me convidava para tomarmos juntos, época essa em que aprendi a adorar tomar vinho, o qual peguei o costume de tomar com meus amigo,(os homens que amo adoram vinho) de vez em quando eu compro uma garrafa de vinho, espero todos irem dormir para degustar o vinho sozinha, mas com o pensamento nas nossas conversas, foram tantas as adversidades entre nós, conversávamos sobre futebol, assistíamos os jogos de voley ball e as corridas de fórmula-1, quando eram na madrugada o Senhor sempre me acordava para assistirmos juntos, os jogos da copa do mundo, então, nem se fala, os homens assistiam os jogos na sala e as mulheres no quarto na maior bagunça, e os nossos amigos ficam loucos pra ir pro quarto também e o Senhor não deixava, hoje fico imaginando como será o próxima copa sem o Senhor por aqui? O dia dos pais já não existe,pois o dia dos pais foi a última vez que o vi, estava numa cama de hospital, tentou falar-me algo e a sua voz não saía, essa cena jamais esquecerei e fico pensando o que o Senhor queria me dizer, fui embora aos prantos e no dia seguinte veio a falecer.
Pai, sua presença em mim é infinita, mas a sua ausência em vida é um dor sem fim!
A bênção PAI.


De Lourdes

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

AMADO/ VANESSA DA MATA


Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr-do-sol, postal, mais ninguém

Peço tanto a Deus
Para lhe esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus

Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer

Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você

quinta-feira, 30 de julho de 2009

UM ABRAÇO AMIGO

Quanta gente que chora,
a dor dos embates da vida.
Quanta gente se vaga,
nos desvaneios das aventuras.
Quanta gente se olha,
se olha e não se vê.
Quanta gente que ri,
das tristezas que passou de outrora.
Quanta gente que a pedir socorro,
esperando apenas uma palavra de conforto.
Quanta gente em ruínas,
a levantar as estruturas de outras.
Quanta gente...! Quanta gente...!
Quanta gente que quer apenas
um olhar, um sorriso,
UM ABRAÇO ABRAÇO AMIGO!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

FLORES AOS AMIGOS


Amizade
Amizade algo conreto quando verdadeiro.
Tenho AMIGOS incondicionais, graças a Deus!
O dia do Amigo, pra mim não deveria existir, pois à amizade é algo que não depende do dia e sim dos momentos em que tivemos juntos, nas alegria ou nas tristezas, no sorriso ou na lágrima caída que você amigo, um dia ajudou a anxugá-las. Um dia perguntei a mim mesma: "Será que amizade tem cor?" E respondi: "Tem sim, cor clara e límpida como a água, e mais cheiro de afago e alegria".
Obrigada meu Deus, pelos amigos que colocou em minha vida!




terça-feira, 7 de julho de 2009

segunda-feira, 6 de julho de 2009

DESCULPEM A AUSÊNCIA, MAS LOGO VOLTAREI A POSTAR!

"A gente sempre destrói aquilo que mais ama, em campo aberto, ou em uma embuscada; alguns com a leveza do carinho; outros com a dureza da palavra;os covardes destroem com um beijo, os valentes, destroem com a espada" Oscar Wilde

quarta-feira, 10 de junho de 2009

BOLETIM KAOS 3


Quarta-Feira (10/06/09 - 20h) no Sarau da Cooperifa,zona sul de SP.
13/06/09 às 16h na Loja Suburbano Convicto no Itaim Paulista, durante o "Encontro com o Autor".
(20/06/09 - 20h) no Sarau da Brasa, na Vila Brasilândia.

terça-feira, 9 de junho de 2009

RECEITA PARA UM NOVO DIA








Receita para um novo dia - Sérgio Vaz (do livro Colecionador de pedras)

Pegue um litro de otimismo,
Duas lágrimas –de preferência
Escorridas no passado.
Duas colheres de muita luta
E sonhos à vontade.
Duzentos gramas de presente
E meio quilo de futuro.
Pegue a solidão, descasque-a toda
E jogue fora a semente.
Coloque tudo dentro do peito
E acenda no fogo brando das manhãs de sol.
Mexa com muito entusiasmo.
Ao ferver, não esqueça de colocar
Uma dose de esperança
E várias gotas de liberdades.
Sorrisos largos e abraços apertados,
Para dar um gosto especial.
Quando pronto,
assim que os olhos começarem a brilhar,
Sirva-o de braços abertos.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

BATE PAPO COM MIA COUTO



BATE-PAPO COM MIA COUTO

SESC Avenida Paulista Dia(s) 26/06 Sexta, das 18h às 20h.

O escritor moçambicano Mia Couto fala de seus processos de criação, utilizando como referência sua obra "O Outro Pé da Sereia" - em cartaz na unidade SESC Avenida Paulista.

Grátis. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência.


IDENTIDADE


Preciso ser um outro
para ser eu mesmo
Sou grão de rocha
Sou o vento que a desgasta

Sou pólen sem insecto

Sou areia sustentando
o sexo das árvores

Existo onde me desconheço
aguardando pelo meu passado
ansiando a esperança do futuro
No mundo que combato morro
no mundo por que luto nasço

Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"

Caminho Pensamento


Caminho Pensamento
O nosso pensamento é o caminho
As vezes podre as vezes límpido
As vezes crespo as vezes liso
As vezes feio as vezes bonito
Pensamento é como a areia
Tanto faz se é da praia
Ou da Construção
Do barraco ou da mansão
Pensamento corre com o vento
Contra o vento e para o vento
Ele se vai com o vento
Mas volta a qualquer momento
Pensamento sujo talvez
Em pensar no político que não fez
Mudanças no pais outra vez
Em pensar que eu votei outra vez
Pensamento para pensar
Na mulher bonita, que esta a passar
No livro que já li
Ou na estrela que quero buscar
Pensamento do opressor
Pensamento de um salvador
Pensamento de um marginal
Pensamento que quem não pensou
Pensamento é o mundo que estamos
Ninguém se criou sem pensar
O instinto não ia aguentar
Em ver nós nos matar
Não mude seu pensamento
Mude apenas a forma de executar
Não execute alguém
Para o seu ego motivar
Pensamento díficil de decifrar
Meu pensamento não é bola
Que o planeta faz girar
É apenas a forma de eu me expressar
Renato Vital Poeta escritor Rapper

sábado, 30 de maio de 2009

PRIMAVERA


Desejo acordar pela manhã
Com os cantos dos pássaros...
Sorrir com a luz do sol
Atocar minha face...
Sentir a presença de ti
Com os pingos de chuva
A banhar meu corpo...
Num campo florido
Sentir o cheiro das flores,
A exalar felicidade
Numa linda tarde de primavera...

QUERO O VOO DAS BORBOLETAS E O EQULÍBRIO DO BEIJA-FLOR!


Quero me encontrar novamente!

terça-feira, 26 de maio de 2009

UMA PARTE DE MIM



Lembro-me dos primeiros olhares...

Eram olhos no olhos...

Não existiam vendas entre nós...

Momentos de rara felicidade

A contagiar nossas vidas...

Num momento mágico

Que era só meu, o qual

pensei que fosse de nós dois...

Um dia leva-me aos céus...

No outro ao inferno...

Não sei mais, o que é verdadeiro

Ou o que foi verdadeiro.

Apenas sei que te amei,

E te amo demais.

Procuro respostas para vários

pontos de ??????...

E não as encontro....

Talvez amar,

seja um sentimento pros tolos,

como eu...

Provei do fruto proibido...

Por isso,

Hoje pago o meu pecado com..

Sofrimento....

Lágrimas...

Desespero...

Hostilidades...

Angústias...

Quero me encontrar de novo

E não consigo....

Não consigo mais

ser EU...

Uma parte de mim,

Se foi...

terça-feira, 19 de maio de 2009

TRISTEZA


A tristeza sempre bate
em minha porta...
Às vezes ela entra e
se instala...
Tenho que diblá-la
todos os dias....
Vou a procura do que gosto...
Quero estar perto das pessoas que amo...
Mas infelizmente...
Muitas vezes, essas não são
as melhores saídas...
À vezes te deixam mais triste ainda...
Algumas vezes falam contigo...
Outras fingi que não te vê.
Outras ainda te ignoram...
Como se você não fosse nada...
"Pra que dar atenção, não é?"
Quero o banho do mar
para lavar meus pensamentos...
Quero um abraço amigo...
à consolar-me dessa tristeza...
Quero Deus em minha vida...
Para acalmar meu coração...
Quero um pouquinho de você...
Para acalmar o amor que sinto....
Será que posso?

domingo, 17 de maio de 2009

ESCRITOR ROBSON CANTO


amor sentimento abstrato (por Robson Canto).
Chorei, sim! Chorei feito menino
Ela havia me ignorado
Como isso me doeu no peito
Uma pessoa que eu tanto amava
Hoje mal fala comigo
E isso é triste, deprimente e revoltante
Amor...
“Tá cruel Deus do céu /gosto do fel não é doce como mel”
Um amor não pode acabar assim
Não nessa vida
Beijos, caricias, mãos dadas, paixão e sexo
Tá bom eu confesso, sou um pouco piegas
Não me importo
Eu comparo o amor como a avenida Paulista começa no Paraíso e termina na porra da Consolação

"Amor, amor sentimento abstrato /você pode sentir porém não pode tocar!"
(SNJ)

9º SARAU CIDADE ADEMAR


Espaço Cultural Nakasa Bar
Rua Públio Pimentel, 65
Altura do nº 3850 da Avenida Cupecê.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

CINEMA NA LAJE




A Entrada é franca. A Pipoca é grátis. E a lua sincera.
DIA 18 DE MAIO 20HS.
DoisDocumentários:

"Ilha das Flores e Osvaldinho da Cuíca - Cidadão samba"
(Presença do Osvaldinho da Cuíca na sessão)

Laje do bar do Zé Batidão
Rua bartolomeu dos Santos, 797 Chácara Santana
Periferia - SP
Inf. 5891 7403
.
"ILHA DAS FLORES"
.
Considerado um dos melhores documentários em curta-metragem do cinema brasileiro, o filme fala sobre a pobreza do povo brasileiro de forma única e irônica, através da Ilha das flores, que serve como depósito de comida que a classe média não consome e uma intensa balalha por comida entre homens, mulheres, porcos e crianças.

Direção: Jorge FurtadoFormato: 35mmAno Produção: 1989Origem: Brasil (RS)Cor / PB: corDuração: 12 min.


“OSVALDINHO DA CUÍCA - CIDADÃO SAMBA”(Documentário)

Osvaldinho da Cuica, um ás do samba, demonstra seus conhecimentos em impressionantes performances, dançando e tocando vários instrumentos enquanto apresenta personagens e fatos marcantes da história do samba paulista. Um resgate da memória do samba de São Paulo através das memórias de um de seus maiores representantes.Documentário:O filme resgata a memória do tradicional samba paulista, que de certa forma se perdeu quando este passou a adotar os padrões carnavalescos cariocas. A história é conduzida por OSVALDINHO DA CUÍCA, figura que representa o samba na sua raiz. Como ele mesmo diz, ele não é sambista por opção, mas por uma questão de destino. Nasceu em pleno carnaval “ouvindo o lamento da cuíca”..
Direção: Toni Nogueira, Simone Soul e osvaldinho da Cuíca
Duração: 54 minutos
Origem: Brasil
Ano: 2008

segunda-feira, 11 de maio de 2009

AMIGOS

AGRADEÇO AOS MEUS AMIGOS PELAS PALAVRAS DE CONFORTO E MOTIVAÇÃO. É NESSAS HORAS QUE SABEMOS QUEM É QUEM!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

EU QUERO

Quero o vôo dos pássaros
para alcançar a liberdade infinita.
Quero o banho do mar
para purificar minha alma.
Quero o raio do sol
para aquecer minha vida.
Quero um amigo que me ouça
que não sejam as paredes do meu quarto
que não sejam as lágrimas
e nem o meu travesseiro.....
De Lourdes

LÁGRIMAS



Se as lágrimas caírem
deixe que rolem.
De amor ou de ódio
deixe que rolem.
De alegrias ou de tristezas
deixe que rolem.
Deixe que a emoção desague
e inunda o mundo, a vida.
As lágrimas falam,
para àqueles que as entendam.
As lágrimas libertam, o eu interior.
deixe que rolem
Pois as lágrimas, muitas vezes
são nossas melhores amigas.
De Lourdes

sexta-feira, 17 de abril de 2009

quinta-feira, 9 de abril de 2009

IN MEMÓRIA - CINCO ANOS SEM VOCÊS



A SAUDADE EXISTE NÃO PORQUE ESTAMOS LONGE, MAS PORQUE UM DIA ESTIVEMOS JUNTOS.
IN Memo
Fernando sei que onde você está a nossa amizade sempre foi é abençoada por Deus!
Marly seu sorriso continua a iluminar os meus olhos!

quarta-feira, 8 de abril de 2009

SONHOS INFINITOS


Lembranças de papel
podem queimar nas chamas do tempo
Sonhos de vidro
podem quebrar sob o impacto da realidade

Mas aqui dentro
onde a chama arde
as lembranças não são reais
respiram, sorriem e sangram
os sonhos vivem...
correndo e transpirando
alimentando e matando...
Prof. Edivan ( História)